sexta-feira, 15 de julho de 2011

A EVOLUÇÃO DOS FILMES DE ARTES MARCIAIS - 2ª parte

2ª Parte
JACKIE CHAN foi figurante em Operação Dragão e dos anos 80 foi protagonista de vários filmes.
Seguiu a linha dos filmes de ação de Hong Kong, não empolgava no ocidente, mas aos poucos foi cativando este público.



Seus filmes melhoraram, apresentava vários estilos de Kung Fu, seu diferencial é que não utilizava dubles nas cenas de ação, e demonstrava uma incrivel agilidade na utilização de qualquer objeto como arma.
Interessante também é quando ele sobe nas paredes utilizando os cantos.
O legal é a sua vocação para comédia, o que também o diferencia dos demais é que ele “bate apanhando”, pois não é o lutador tradicional que bate em todos facilmente, mas apanha muito até conseguir vencer seu oponente.
No filme QUEM SOU EU? Existe uma das melhores sequências de luta do cinema.


SOMMO HUNG KAM-BO estudou na escola de ópera com Jackie Chan, amigo com quem fez vários filmes atuando e dirigindo.
Fez uma pequena participação no filme Operação Dragão, com Bruce Lee, lutando no início com Bruce Lee.
Sua vertente sempre foi a comédia, e um clássico é OPERAÇÃO DRAGÃO GORDO.

Apesar de gordinho, Sammo apresenta uma forma físca excelente (!), capaz de fazer muitas acrobacias e executar diversos golpes com perfeição.
Foi protagonista do seriado MARTIAL LAW, no Brasil (aí,aí!) UM POLICIAL DA PESADA, que teve participações especiais como as de BILLY BLANKS e de CHUCK NORRIS.
Seus últimos bons trabalhos foram a série de filmes O GRANDE MESTRE que conta a trajetória do mestre de Kung Fu, estilo WING CHUN de Bruce Lee.



Quanto a essa série, o primeiro e o segundo filme são notáveis, muito bons mesmo, mas o terceiro é totalmente dispensável.
Este último dá a nítida impressão que aproveitaram o sucesso dos anteriores para ganharem um dinheiro a mais.
Inclusive, Sammo interpreta um personagem no primeiro filme e outro no terceiro Na verdade trata-se de outro filme e não uma continuação, esta confusão é proposital e comum para melhorar as vendas de uma forma não muito honesta..

CINTHIA ROTHROCK apesar de fazer parte do tima “B” de atores dos filmes de Artes Marciais, sendo a única mulher ocidental com tamanho repertório de longas, merece estar aqui.


Karateca e também praticante de diversas outras Artes Marciais, participou de diversos filmes de ação nos anos 80 e 90, é uma ótima atleta e deve ser reconhecida pelo conjunto de seu trabalho, representando o público feminino.
Na série de filmes GARRAS DO TIGRE contracena com Bolo Yeung.


Nenhum filme de grande destaque, ficando mesmo nas produções “B”, só mesmo para os fãs do gênero.

BRANDON LEE também teve uma pequena participação nesta época, porém nem perto da importância que seu pai teve.



Seus melhores filmes foram MASSACRE NO BAIRRO JAPONÊS contracenando com DOLPH LUNDGREN (este aparentava que também seria um astro, mas não vingou) e O CORVO.
Sua carreira foi interrompida devido a sua misteriosa morte no set de filmagem.

Nos anos 80 e 90 também deram fôlego as produções “B” de filmes de luta, alguns filmados no Brasil, ou com lutadores brasileiros apresentando a  nossa CAPOEIRA.
Sobre os principais atores desses filmes, farei posteriormente uma matéria a respeito, apresentando MARC DACASCOS, DON “THE DRAGON” WILSON, LORENZO LAMAS, MATHIAS HUES

JET LI lutador de Kung fu e ator, também de origem chinesa, iniciou a carreira cinematografica nos anos 80, atuou com Mel Gibson em MÁQUINA MORTÍFERA IV, e com Morgan Freeman em CÃO DE BRIGA, Jackie Chan em O REINO PROIBIDO (eu esperava muito mais deste encontro) e com Sylvester Stalone e outros astros dos anos 80 em MERCENÁRIOS.


Fez um triste remake de FIST OF FURY – A FURIA DO DRAGÃO de Bruce Lee, com o titulo de Fist of Legend, no Brasil Matar ou Morrer.
Quem assistir ao original verá porque Bruce é Bruce.
Jet li é um ícone na China, pratica Kung Fu desde os 8 anos de idade e já recebeu diversas premiações, com inúmeras apresentações pelo mundo antes de ser ator.
Apesar de toda a competência, me perdoem os fãs, as cenas de luta não empolgam tanto, talvez por culpa dos diretores ou pelo próprio estilo, mas não tem tanto impacto como também é o caso de Chuck Norris.

MATRIX apesar de KEANU REEVES não ser lutador, nem mesmo um ator típico de filmes de Artes Marciais, Matrix ser um filme de ficção e não de luta, protagonizou cenas de luta que mudaram o estilo de filmagens dos filmes de Artes Marciais.

Inspirada nos filmes antigos e coreografada por um renomado mestre, apresenta uma versão moderna de filmagem, com muitos efeitos digitais que seriam imitados posteriormente em outros filmes e até em animações.
A cena de tiroteio no interior do saguão de um edifício também é a das melhores que o cinema já produziu.
Os tiros de fuzil M-16 e de outras armas de grosso calibre vão desintegrando as colunas de concreto, como aconteceria na realidade.

BATMAN – O CAVALEIRO DAS TREVAS – Batman sempre foi envolvido com Artes Marciais, os filmes anteriores foram péssimos, mas este e sua sequência se redimiram perfeitamente.


Foi o primeiro filme a mostrar boa parte do treinamento do homem-morcego, mas esqueceram que ele além de lutador é “o maior detetive do planeta” (mas isso não vem ao caso).
Particularmente eu escolheria um estilo de luta mais violento e com menos movimentos para o personagem, tipo Steven Seagal nos velhos tempos, mas ele aparenta utilizar algo semelhante ao KRAV MAGA.
Esta em andamento a terceira sequência, que acredito será também imperdivel.

DEMOLIDOR os filmes baseados em heróis de quadrinhos (HQ), principalmente os da Marvel e DC Comics, tem uma forte vertente em Artes Marciais.
Um muito aguardado foi DAREDEVIL -  DEMOLIDOR O HOMEM SEM MEDO, com BEN AFFLECK no papel principal.


É um desastre em todos os quesitos, tanto para os fãs dos quadrinhos como para os fãs de Artes Marciais.
Como a intenção da matéria é apenas as cenas de luta, e não aos heróis em quadrinhos, só vou criticar as tais.
Ben Affleck não é lutador e nem se esforça, as cenas de luta são sofríveis.
Quem não conhece o personagem através dos quadrinhos acaba não entendendo nada, pois da a impressão que após o acidente radioativo que o deixa cego e amplia os seus sentidos, ele vira um exímio lutador sem mais nem menos.
Mas nos quadrinhos o personagem desenvolve suas habilidades com o tempo, já antes de seu acidente começa a treinar luta e acrobacias, seu pai era campeão de BOXE.
Após o acidente ele conhece o velho Stick, que também é cego e pertence a uma comunidade de ninjas, ele o ensina a lidar com seus super sentidos e o treina nas Artes Marciais.
Este personagem aparece no filme da ELEKTRA.
Hoje pensam em fazer um novo fime, pior não fica.

ELEKTRA o filme trás de volta a namorada do Demolidor, interpretada novamente por JENNIFER GARNER, que também deixa a desejar, assim como o filme em um contexto geral.
Como sempre diz meu amigo Claudio Bazilio, especialista em quadrinhos, colaborador de sites especializados e cinéfilo: " A verdadeira Elektra é a personagem de UMMA THURMAM, em KILL BILL"



Kill Bill faz homenagem a Bruce Lee, a referencia esta no macacão amarelo utilizado pela personagem, lembrando o de Bruce em O JOGO DA MORTE, e também os vilões uzando um uniforme semelhante ao de KATO.

WOLVERINE (a pronúncia correta é uolverin, e não volverine) o personagem está diretamente envolvido com as Artes Marciais, mas tanto o filme quanto os quadrinhos deixaram para trás.
Fizeram bem, pois o personagem não se enquadra bem fazendo poses de luta ortodoxas.


O filme é horrivel, péssimo! Mas a participação do personagem na trilogia dos X-MEN é ótima, e suas cenas de luta também, muito bem caracterizadas por Hugh Jackman.
Está programado uma continuação que será ambientada no Japão, baseado em uma série dos quadrinhos escrita e desenhada por FRANK MILLER (de 300, Syn City, O Cavaleiro das Trevas), cheia de ninjas e mafiosos. Vamos aguardar.

PUNHO DE FERRO e MESTRE DO KUNG FU são dois super-heróis da Marvel Comics que possivelmente estarão nas telas em breve, ambos são totalmente focados nas Artes Marciais.



            BESOURO - O cinema nacional deu sua contribuição de qualidade, bem atrasado por sinal, com a história de um herói capoeirista conhecido como Besouro.
           Protagonizado pelo também capoeirista AIRTON CARLOS, que dá conta do recado, conta com ótimos efeitos especiais.


Cenas de luta brasileiras sempre foram uma comédia de tão ruins, basta assistir as novelas da Globo, por incrível que pareça, as melhores cenas de luta eram as dos filmes dos Trapalhões (só dos antigos) e o brasileiro, que é bom de briga, se mostrou incompetente para filmar uma luta.
Não é o que acontece neste filme que merece ser assistido.As lutas foram realizadas com o empenho de um dos maiores nomes dos efeitos especiais da indústria, ex-dublê e parceiro do ator chinês Jet Li, Huen Chiu Ku.



Finalmente o país vem saindo do tradicional cinema nacional, com só com comédinhas românticas, oprimidos pela ditadura, favelas, Xuxa e Os Trapalhões (Didi e mais alguns idiotas sem o menor carisma do antigo quarteto).

MORTAL KOMBAT não, não é sobre o filme (que também é muito fraco), mas sim sobre o vídeo game.
Muito sucesso este jogo fez, tanto que foi produzido filmes e seriado baseado em seus personagens.
O mais interessante é que os próprios personagens do jogo inicial foram baseados em nossos queridos atores/lutadores.
LIU KANG é Bruce Lee, inclusive conseguiram adaptar os movimentos ao estilo de luta de Bruce, com gritinho e tudo.

CAGE é Jean Claude Van Damme, que na época estava no topo da lista dos atores de filmes de ação.

No jogo ele está com as vestimentas que Van Damme usa em O Grande Dragão Branco, utiliza golpes mostrados no filme e também é ator de cinema.

SONYA é Cynthia Rothrock, a única mulher do jogo e com as vestimentas semelhantes a utilizada por ela em alguns filmes.
                                                                                         
                                         


 RAIDEN não é nenhum ator específico, mas é um dos vilões do filme OS AVENTUREIROS DO BAIRRO PROIBIDO, grande sucesso dos anos 80 e da Sessão da Tarde na Globo.


   Hoje Hollywood não produz nada criativo, só versões de HQ e video games, e aproveita os sucessos dos anos 80 e até 90 para refilmagens (até O Grande Dragão Branco terá o seu remake).
Mas quem sabe ainda aparece algo bom, neste contexto.
Aguardamos!

5 comentários:

  1. Nossa!!! Vc entende de lutas, filmes e o que mas sabes rsrsrs.
    Gostei da materia ate comprei pipocas para fritar e comia, enquanto lia rsrsr

    ResponderExcluir
  2. Ainda nao lançaram Ip Man 3. O filme q vc falou é um filme a parte q nao faz parte dos filmes q tem donnie yen como ator principal, vc foi enganado pela internet. Ip Man 3 vai contar a historia de Ip Man com o seu maior dicipulo, Bruce Lee. Este vai ter Donnie Yen como Ip Man.

    Faltou falar de Flashpoint q é o melhor filme de luta dos ultimos tempo, é com Donnie Yen.

    O mestre das armas nao é remake de fist of fury de bruce lee, na cronologia ele vem antes, mas jet li fez um remake de fist of fury, o nome do filme é fist of legend, em portugues é "matar ou morrer" ele interpreta bem o chen zen, mas nada comparado a bruce lee, nesse filme ele faz flexao com 3 dedos, bruce lee fazia com 2.

    Sou colecionador de filmes de luta e "pesquisador" da vida de bruce lee, qualquer duvida me mande um email luiz0301@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Obrigado pelo comentário e pela justa correção.
    Quanto ao Ip Man, não postei corretamente, ele foi introduzido no mercado para ser consumido como continuação. Inclusive após o segundo longa metragem, o ator Donnie Yen chegou a comentar que não interpretaria novamente o personagem. Se era verdade ou não, dificil saber, pois isso é comum em continuações, por vezes devido ao marketing.

    O remake de Firsty of Fury eu vacilei mesmo, estava escrevendo um outro artigo para outra mídia, e acabei trocando os nomes, mas estou corrigindo.
    Lembrando, é claro, que a escolha dos filmes foi puramente baseado em minha opinião e de alguns amigos praticantes de artes marciais, por vezes pela critica, mas não necessariamente o gosto geral.

    ResponderExcluir
  4. Concordo com os comentários sobre Jet Li, realmente há de se encontrar alguém que realmente SAIBA elaborar uma boa coreografia de arte marcial. Quanto ao Chuck Morris, considero uma aberração e afronta à arte marcial.
    Sommo Hung é alguém que admiro, mesmo vendo-o "gordin..." hoje, ele ainda esbanja habilidades. E quanto ao IP Man sua coreografia é excepcional. Bolo Yeung decepcionou quando lutou com Van Damme, que horrível!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade. Acho que no caso de Norris faltaram boas edições de imagem, coreografia e diversividade dos golpes aplicados, isso ele deveria já ter aprendido quando teve a oportunidade de gravar com Bruce Lee.
      Sommo Hung entende do negócio, apesar de apresentar um estilo de filmagem bem oriental a gosto de seu público. Ele além de lutador é coreógrafo, ator e diretor. O gordinho é ágil mesmo!
      Bolo Yeung acaba sendo mais fisioculturista do que lutador nas cenas. Na época que participou de Operação Dragão, com Lee, sua imagem impressionava, era raro ver orientais com aquela massa muscular.
      Obrigado pelo comentário.

      Excluir